Alimentação Negócios

Conheça Dadá: de empregada doméstica a empresária de sucesso

Ela começou a trabalhar desde pequenininha, aos cinco anos a vida já lhe exigia responsabilidades, enfrentou muita luta para chegar onde chegou, e hoje vive a melhor fase da sua vida.

‘’Desculpa a demora, estava fechando um evento’’, foi assim que começou a entrevista com a famosa cozinheira Dadá. Quem hoje vê Aldacir dos Santos participando de programas como MasterChef, Hora do Faro, e dando entrevistas em vários outros meios de comunicação, não imagina como sua carreira começou.

Aos 58 anos Dadá conta que a vida sempre foi muito cruel, muitas vezes passando necessidades e enfrentando dificuldades extremas. Diz que isso nunca foi um empecilho para fazê-la desistir de seus objetivos. “Teve vezes que eu não tinha o que comer e raspava os restos de comida das panelas que lavava para não morrer de fome”, relata Dadá.

Começou sua carreira profissional como cozinheira doméstica e logo após vendendo marmitas na rua. Abriu seu primeiro restaurante no Alto das Pombas, que se chamava ‘’O Tempero da Dadá’’. Após seis anos, conseguiu inaugurar o ‘’Sorriso da Dadá’’, que está situado até hoje, há mais de 24 anos, no Centro Histórico de Salvador e que atrai turistas do mundo inteiro.

O sucesso do restaurante e de seus temperos foi tão exorbitante que atraiu os olhos de marcas e convites para grandes parcerias, como o ‘’Feijão Vip da Dadá’’, um evento que acontece há mais de 20 anos, um mês antes do carnaval.

No começo com 300 pessoas, hoje recebe em média 10 mil foliões por ano. ‘’Sem dúvidas foi uma das melhores parcerias que já fechei, festa gostosa, animada e cheia de sabor’’, diz Dadá.

A cozinheira e empresária explica que nem sempre o restaurante está “no topo de lucros”, que “muitos meses são bons de vendas, mas em contrapartida tem meses fraquíssimos”.

Dadá admite que o ‘’Sorriso da Dadá’’ não é o seu único meio de sobrevivência. “Durante a minha trajetória consegui parcerias com grandes empresas como MasterCard, que nos patrocina até hoje, Bradesco, Tim, CrediCard e muitas outras”, conta Dadá.

Hoje, Dadá oferece aos seus clientes as comidas mais típicas e famosas da culinária baiana. Segundo a cozinheira, o cliente se apaixona não só pelo sabor, mas também pelo seu sorriso.

“O diferencial da minha empresa é o acolhimento, a forma como eu me dirijo às pessoas que tiram um pouco do seu tempo para vir até a mim. Meu sorriso os cativam e me faz perceber o quanto é importante mantê-lo sempre no rosto”, declara orgulhosa a empresária.

Dadá declara que, hoje, lucra mais com trabalhos publicitários e presenças VIP’s, do que com o próprio restaurante e sempre é chamada para festivais gastronômicos no país.

A cozinheira conta que é muito grata aos atores e figuras públicas nacionais que, uma vez que vão a Salvador, nunca se esquecem de visitar seu restaurante e experimentar os seus temperos.

Aldacir diz que é chamada de a ‘’queridinha dos famosos’’ e que boa parte da visibilidade de seu restaurante são graças a eles.

Confira a história da empresária na íntegra:

 

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *